Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Cozinha da Anita

A cozinha rápida, e saborosa...

A Cozinha da Anita

A cozinha rápida, e saborosa...

Bougatsa



A minha Bougatsa, um bolo que de doce não tem nada, pelo menos aqui todos reclamaram que não estava doce, a receita que fiz foi esta, https://agregandotemperos.wordpress.com/.../bougatsa-de.../ mas não usei semolina, usei farinha de trigo, pois tinha andado a procura e semolina é farinha de trigo com outra moagem não é fina mas também não é cuscus, e pelo menos assim o creme ficou super macio. também não entendi bem a parte da massa filo, eu coloquei quatro folhas (2 cortadas ao meio) em baixo depois creme, depois mais massa filo, creme e massa filo ou seja 3 vezes creme e 4 massa filo, mas no meio nem se nota a massa, li umas quantas receitas e foi assim que percebi. Para as meninas que não gostam de doce esta é uma sobremesa agradável, e já agora comemos morno e frio no dia seguinte, sim sobrou para 2 dias pois não é doce. kkkk


Cornofilós


Pois bem vi na net uma cornocópias e fiquei com vontade de fazer, mas não tinha massa folhada e vai de fazer com o que se tem, sempre se inventa um pouco.

Digo já que o nome foi o marido que colocou, fiz estas cornocópias com massa filó, (dai o nome) sim não foi tão fácil de fazer e desenformar, nem de comer porque a massa filó parte-se com muita facilidade mas ficaram deliciosas, isso eu garanto, ainda fiz umas cestas porque só tenho três formas de cornocopias, 

Então vamos lá...

Usei 3 folhas de massa filó, barrei cada uma delas com óleo, depois cortei tiras e enrolei nas formas de cornocopias, levei ao forno até ficarem douradas, deixei arrefecer um pouco e desenformei com muito cuidado.

Para o creme fiz num tacho uma lata de leite condensado, 1 colher de sopa de manteiga, deixar engrossar um pouco, se necessário colocar uma colher de maisena dissolvida num pouco de água fria.

Para rechear as cornofilós usei um saco de pasteleiro com muito cuidado, depois coloquei açúcar em pó para enfeitar.



Espero que gostem, se inspirem e partilhem.

Bom proveito.



Obrigada por estar desse lado.

Strudell de Bacalhau com Alho Francês


Esta é mais uma receita do blog Recanto com Tempero da Ana G. Neves.

Este strudell é uma maravilha, tenho pena de não ter feito dois, pois servi como refeição e foi pouco.

Ficou mesmo uma divindade, a receita original é com bacalhau e brócolos mas cá em casa esses são mais dificies de engolir, por isso combinou mesmo bem com o alho francês

Deixo aqui a receita original e a minha com as alterações.


Ingredientes:

1 Posta de bacalhau cozida e desfiada
1 Alho francês cortado em rodelas, cozido e escorrido *
2 folhas de massa filo
1 cebola
2 dentes de alho
100 mL de natas
4 colheres (sopa) de pão ralado
2 colheres (sopa) de azeite
1óleo q.b. para pincelar a massa filo
sal q.b.
pimenta q.b.
sementes de linhaça amarela q.b.

Modo de preparação:

Cozer a posta de bacalhau e desfiar. Reservar.
Cozer o alho francês, cozi na múltipla da Tuperware no microondas coloquei água e deixei cerca de 7 minutos no microondas potencia máxima. Não esqueçam de verificar se já está, as potências dos microondas variam e o tempo também. Escorri na múltipla e com a ajuda de uma colher retirei o excesso de água. Reservar.
Numa frigideira colocar a cebola, os alhos picados com o azeite, deixar alourar.
Adicionar o bacalhau bem escorrido e o Alho Francês bem escorrido, vá mexendo até ficar com um gosto de refogado.
Ajuste o tempero com sal ( se necessitar) e pimenta. 
Junte as natas e o pão ralado, deixe secar um pouco. Deixe arrefecer e reserve.
Abra as folhas de massa filo e pincele uma com óleo, coloque a outra em cima e volte a pincelar com óleo.
Assim que a mistura esteja fria, coloque em cima da massa e feche esta, primeiro as pontas horizontais e depois as verticais enrolando assim o preparado.
Pincele em cima o rolo e coloque umas sementes de sésamo.
Leve ao forno num tabuleiro com papel vegetal até o rolo estar dourado.
Sirva quente ou frio cortado ás fatias.

Serve como entrada e se quiserem usar como refeição é melhor fazer um acompanhamento porque é tão bom que vai muito depressa. 




Espero que gostem e se inspirem.

Bom proveito


Troxas de Doce de Ovos com Chila



Esta é uma receita para o desafio do grupo Cantinho das Cozinheiras.

Fiz a receita da Ana do blog Recanto com tempero mas fiz umas alterações ao doce de ovos.

Eu não gosto de doce de ovos feito com agua, estou habituada ao meu, se bem que dizem quando se coloca leite é para creme de pasteleiro, não no meu caso porque o creme de pasteleiro leva mais ingredientes que o doce de ovos, nomeadamente maisena. Vou tentar fazer um poste com as diferenças. 
O doce de ovos que faço foi a minha avó que me ensinou, é super simples já fiz a receita várias e vezes e quando decidi experimentar com água não gostei, enfim façam vocês o teste não custa nada.

A este doce de ovos juntei o doce de chila, e como fiz demais, coloquei o necessário nas trouxas e o que sobrou coloquei numa caixa e no congelador, porque nesta altura vamos precisar de mais....

Bem esta receita foi feita com o doce de chila caseiro podem ver aqui (feito com a segunda abóbora que a Maria Lopes me ofereceu há 2 anos, ela bem disse que durava, muito obrigado)

De resto usei a massa filó que pela primeira vez não se partiu e ficou fantástico, com a sorte que tenho as trouxas ainda se podiam abrir e, para não arriscar, coloquei um cordel antes de irem ao forno.


 Vamos lá...

Ingredientes e modo de preparação: (desta vez é difícil separar)

2 placas de massa filó (só fiz 4 trouxas)

Para o doce de ovos, (usei gemas pasteurizadas que costumo comprar nesta altura, pois é muita a doçaria portuguesa com gemas, usei 200 grs que equivale a 6 gemas, fiz de maneira diferente desta vez ou seja fiz tudo em gramas, usei 200 grs de açúcar e 200 grs de leite)

 Por cada gema uma colher de sopa de açúcar e uma colher de sopa de leite.

Colocar num tacho ao lume, ir mexendo com a vara de arames sempre para não ficarem grumos nem pegar, assim que tiver a consistência desejada retirar do lume.

Colocar o doce de chila a gosto, deixar arrefecer totalmente antes de usar em cima da massa.

Colocar uma folha de massa filó passar com manteiga derretida e colocar a outra folha em cima.

Cortar em quadrados e colocar no meio uma colher de sopa do creme.

Fechar unindo as pontas e tentando "rodar" um pouco (eu para não estragar o que estava a correr bem decidi colocar um fio.

Levar ao forno pré aquecido a 180º cerca de 25 minutos



Suspiro dos amantes


Vi esta receita no blog http://ocantinhodosgulosos.blogspot.pt adorei a facilidade e a rapidez, e a diferença.

Bem tenho a dizer, usei uma manteiga com meio sal e ficaram bastante salgados, mas já falei com o António e ele disse que teria de ser uma manteiga sem sal porque os queijos têm sal, (mas isto sou eu que ou não leio direito, ou passo a frente os passos e por isso...) como sabem eu não consigo deixar de relatar as coisas que faço mal ou menos bem, por isso deixo o aviso.

Tenho a acrescentar que fiz uma segunda vez e ai sim, ficámos fãs porque já não estava salgado ehehe.

Adorei o nome e era mesmo bom que tivesse conseguido fazer no dia dos namorados, mas como os dias são aquilo que nós queremos, fiz depois e depois e depois e sempre aprovadissimo.

Vamos lá????

Ingredientes:
2 Ovos
100 Grs Açúcar
50 Grs Manteiga sem sal + manteiga derretida para as folhas
8 Queijos pequenos (tipo vaca que ri)
2 Folhas de massa filó
Açúcar em pó para polvilhar




Modo de preparação:

Pré aquecer o forno

Barrar 1 folha de massa filó com a manteiga derretida, colocar a outra por cima, cortar do tamanho das formas (usei de pasteis de nata), colocar a massa nas formas já untadas.

Bater um pouco os ovos numa taça.

No lume colocar a manteiga e assim que esta estiver derretida, colocar o açúcar, mexer, assim que este tiver desaparecido ir colocando com muito cuidado e mexendo sempre os ovos,

Colocar os queijinhos e ir mexendo sempre até ficar com uma mistura um lisa e homogénea.

Deitar mas formas, podem encher porque não cresce muito e depois de arrefecer baixa.

Levar ao forno 10 a 12 minutos.

Deixar arrefecer e polvilhar com açúcar em pó.

Espero que gostem e se inspirem.

Bom proveito