Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Cozinha da Anita

A cozinha rápida, e saborosa...

A Cozinha da Anita

A cozinha rápida, e saborosa...

Tarte Estaladiça de Gila e Noz


Vi esta receita no blog Sobremesas de Domingo, adorei a receita até porque parecia um pouco confusa a parte da massa estaladiça, mas depois achei interessante, decido experimentar para ver se era verdade, tão fácil e fica mesmo estaladiço? Pois fica podem querer, irei aplicar em mais tartes esta massa, um das que vou experimentar é os pasteis de feijão com esta massa devem ficar de outro mundo.

O recheei não é novidade nenhuma, usei doce de ovos (200 grs) que tinha mandado vir da Doce Magia, já agora há muito tempo que não comia um doce de ovos tão bom sendo de compra, um frasco de doce de gila (cerca de 200 grs) que tinha feito, caseiro com a última abóbora de gila que a Maria Lopes, deste mesmo blog me ofereceu, e nozes picadas (cerca de 180 grs)

Bem esta maravilhosa massa é assim: (a ver se me consigo explicar)

Enchem um alguidar com água (no alguidar tem de caber a forma ou tacho onde vão cozer a massa, e tem de ter água suficiente para molhar a forma, colocando o fundo e empurrando para que a água entre e depois, deitar na mesma para o alguidar, fazendo 8 a nove vezes)

Numa forma barram manteiga e polvilham com farinha, toda a forma, colocam no alguidar com água, retiram a água e voltam a polvilhar com farinha, e fazendo isto 8 a 9 vezes, (eu fiz 9), a última camada tem de ser farinha.
Aqui a massa depois de passar 9 vezes em água, fica assim.
O recheio juntar todos os ingredientes mexer bem e colocar em cima da massa.
Levar ao forno cerca de 20 a 25 minutos, depois desenformei e voltei a colocar no forno mais uns minutos para que a parte que tem recheio também ficasse estaladiça.
Uma delicia, esta já foi, tenho de acrescentar que ficou doce demais, mas por aqui tudo vai.
Podem fazer esta massa para outras tartes, os pasteis de feijão devem ficar mesmo bons com esta maça.
Espero que gostem, se inspirem e partilhem muito.
Bom proveito


Depois de cozida a massa descola facilmente e fica estaladiça.


Vai uma fatia?????


Pataniscas de Chila

Bem as preparações para o natal estão a começar e, como este ano quero experimentar mais coisas estou a começar com as minhas experiência.
Algumas delas vão estar certamente na minha mesa de natal outras não vão passar de experiência.
Queria mostrar-vos que nem tudo corre bem, mas não devemos desistir, esta receita é prova disso.
Era para ser umas filhoses de Chila que a Carla do blog Cromas da Cozinha me passou, mas viraram pataniscas, primeiro porque usei doce de chila em vez de chila cozida e segundo porque exagerei na farinha.
Ficaram divinos diga-se mas têm de ser aperfeiçoados.

Cá vai a receita sem medidas porque já é antiga e quem costuma fazer é tudo a olhometro, nunca mais vai saber as medidas.....

Fiz bastante pouca quantidade pois era para experimentar.

1 c. sopa de doce caseiro de chila, passei por agua e escorri muito bem com um pano de cozinha, coloquei numa taça, juntei 2 ovos, 1 colher chá de vinho do porto, 1 colher se sobremesa de canela em pó (usei Suldouro)2 colheres de sopa de farinha (acho que é demais) tem de ficar um polme mole.
Fritar numa frigideira com pouco óleo, ficam espalmados e não crescem, colocar em papel absorvente, e posteriormente passar em açúcar e canela.

Estes ficaram maravilhosos mas não se sentia os fios da chila, dai eu dizer que tinha chila a menos e farinha a mais.






Obrigada por estar desse lado.

Esta receita foi feita em parceria com

Suldouro / Navires

Tarte de Doce Ovos, Gila e Maçã


Nesta receita decidi acabar com alguns ingredientes que tinha em casa.

Então usei uma receita de bolachas com manteiga derretida e um pouco de canela para fazer esta base, não consigo dar as quantidades foi com o que tinha, mas fica uma base normal de bolacha mas com um gostinho de canela.

Forrar a tarteira desta vez usei a Tarte Rectangular da Metalurgica Bakeware Produtions, SA, uma forma muito prática e tem um efeito bem bonito.

Para o recheio usei doce de ovos que tinha feito, acrescentei um pouco de doce de gila (caseiro) que tinha do ano passado, misturei e coloquei na base de bolachas.

Em cima coloquei umas maçãs cortadas no meu "porche" o mando chef da Tupperware, da medida que escolhi o numero 5, e untei as fatias de maçã com doce de pêssego rosa (caseiro) para não oxidarem e resultou muito bem.

Espero que gostem e se inspirem.

Bom proveito 

Obrigada por estar desse lado.

Bolo de Noz e Gila - Ninho de páscoa


Mais uma delicia que vi aqui mais uma vez muito obrigada Ana Rama.
Nesta receita ela usou amêndoa e como não gosto de amêndoa decidi fazer com nozes, pois ficou maravilhosos.
Usei o bolo para fazer o meu primeiro ninho de Páscoa, desta vez comprei fios de ovos, pois no natal costumo fazer e congelar mas este ano.... foram todos.

Cá vai a receita.

Ingredientes.

6 Ovos
300 Grs de Açúcar
300 Grs de nozes (picadas em farinha)
300 Grs de Gila (usei doce caseiro que fiz)
1 c. Sopa Farinha
1 c. Sobremesa Canela (é opcional)

Modo de preparação:

Bater as claras em castelo e reservar.
Pré aquecer o forno a 175º
Bater as gemas com o açúcar até ficar esbranquiçado, acrescentar a gila e as nozes continuar a bater, juntar a farinha e a canela.
Numa forma (usei de buraco) untar com spray e colocar a massa.
Levar ao forno +/- 50 minutos e fazer o teste do palito.
O bolo fica bastante húmido, mas fica deliciosos para quem gosta destes ingredientes.
Enfeitei com fios de ovos de compra e alguns ovinhos e amêndoas.
Espero que gostem e partilhem.

Bom proveito




Torta de Noz doce de ovos e gila



Bem mais uma receita do desafio mensal da página  



   


Desta vez fui ao  O Blog da Inês  e rapinei uma receita que inicialmente era Torta de Amêndoa com doce de Ovo e Gila, Aqui fica o linke para a receita original receita original mas como não sou apreciadora de amêndoa achei que combinava bastante bem a noz, da qual sou fã.

Uma receita que vai estar com certeza na minha mesa de Natal. 

Terei que fazer algumas alterações pois achei que ficou doce demais (atenção eu sou gulosoa mas estava mesmo muito doce)

Ingredientes para o doce de ovos com chila:
  • 3 gemas   
  • 125 g de açúcar   coloquei 3 colheres de sopa de açúcar
  • 100 ml de água     coloquei 3 colheres de sopa de leite (aprendi a fazer o doce de ovos assim e como sai sempre bem nunca mudo)
  • chila q.b.    usei um pouco do doce que tinha feito o ano passado

Ingredientes para a torta:
  • 5 ovos
  • 200 g de açúcar    coloquei esta medida mas ficou muito doce
  • 100 g de miolo de amêndoa    usei 125 Gs. de noz
  • margarina e farinha para o tabuleiro   untei o papel vegetal com manteiga
  • açúcar q.b. para enrolar a torta

Modo de preparação:
Para fazer o doce de ovos levar ao lume o açúcar com a água até fazer ponto de pérola. Retirar do lume e deixar arrefecer um pouco, juntar as gemas batidas usando um coador. Levar novamente ao lume até fazer ponto de estrada. Retirar do lume e misturar muito bem com a quantidade de chila desejada e reserve.

Aqui fiz o meu doce colocar tudo no tacho, acender o lume e mexer sempre para não colar nem fazer grumos, assim que começar a engrossar apagar o lume.

Rale a amêndoa com pele. Piquei a noz no 1,2,3, De seguida bata as claras em castelo e junte o açúcar quase no fim mas continuando sempre a bater. Às claras, misturar com cuidado a amêndoa e as gemas, mexendo sempre cuidadosamente com uma vara de arames, sempre de baixo para cima. Num tabuleiro previamente untado com manteiga e polvilhado com farinha, colocar a mistura, tendo o cuidado de alisar a superfície, e leve ao forno a 180ºC durante 10 minutos. Para desenformar estenda um pano sobre a mesa e polvilhe-o com açúcar. Vire o tabuleiro para cima do pano de forma a desenformar a torta (que neste passo ainda não é torta!). Espalhe o recheio e enrole a torta com cuidado para não partir. A torta não deve ficar seca para não partir tão facilmente. 




A torta fica muito fofa mesmo, fica uma delicia.

Espero que gostem e se inspirem.

Bom proveito