Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Cozinha da Anita

A cozinha rápida, e saborosa...

A Cozinha da Anita

A cozinha rápida, e saborosa...

Bolo Anjo com Caramelo Salgado e Chocolate - Dia dos Namorados


Este bolo ficou maravilhosos, foi para o dia dos namorados já vem atrasado aqui para o blog, mas a minha vida ta,bém não se resume só ao blog, e às vezes ocorrem imprevistos e nem sempre conseguimos fazer tudo o que queremos, enfim.

Venho deixar esta sugestão fantástica para qualquer altura do ano pois o amor celebra-se todos os dias certo?

Fiz esta receita de Bolo Anjo, mas em vez do cremor tártaro que desta vez não tinha coloquei 1 colher de chá de vinagre, não vi alteração nenhuma nem para melhor nem para pior dai, julgar que fará o mesmo efeito que o cremor tártaro.

Ingredientes:
6 claras
175 Grs de açúcar
75 grs Farinha
1 c. Chá Vinagre
1 c. café fermento

Bater as claras em castelo.
Numa tigela colocar os restantes ingredientes, e ir acrescentando com uma espátula muito devagar nas claras, muito devagar para não retirar o ar destas.
Não untar a forma passar por água somente.
Colocar a massa na forma e se necessário espalhar com uma espátula para que fique uniforme.
Levar ao forno 170º cerca de 20 minutos fazer o teste do palito, mas nunca abrir o forno antes dos 15 minutos.
Assim que estiver cozido, retirar do forno e colocar a forma virada para baixo até arrefecer completamente.
Não ele não cai da forma, para desenformar depois de frio passar uma espátula ou uma faca nas bordas para que descole.

Depois do bolo feito, cozido e já frio.

Fiz esta receita de caramelo salgado, eu chamo caramelo salgado há quem chame creme toffe, é como quiserem.

Num tacho colocar 200 grs de açúcar amarelo (desta vez não tinha branco em casa, mas costumo fazer com açúcar branco), 1 c. sopa de manteiga.

Levar ao lume, sem mexer só abanando o tacho para não queimar só de um lado e ficar homogéneo, assim que começar a ganhar uma cor tirar do lume acrescentar 1 pacote de natas (o meu tinha 200 ml), mexer com muito cuidado porque espirra muito. se achar necessário levar ao lume para engrossar podem levar.

Colocar em cima do bolo, derreter um pouco de chocolate e deitar em cima conforme acharem melhor, eu quis dar a impressão que tinha deixado cair essa parte do bolo no chocolate.

Para enfeitar comprei uma hóstia na loja Doce Magia, já visitaram? Tem coisas fantásticas desde preparados para bolos a acessórios para pastelaria, se tiverem um pouquinho visitem.





Obrigada por estar desse lado.

Mousse de Chocolate Diferente


Vi mais uma receita da amiga Ana Neves aqui uma mousse de chocolate diferente, sem manteiga e muito prática de se fazer. Fica com uma concistência muito boa e super deliciosa.

Vamos lá não fiz alterações nenhumas por isso transcrevo a receita dela.

Mais uma vez muito obrigada pelas partilhas maravilhosas.


Ingredientes:

(para 4 doses como as da fotografia)

. 200g de chocolate com 70% de cacau 
. 200ml de natas 
. 3 claras de ovo 
. 125g de açúcar (usei em pó)

Para a decoração 
. raspa de 1 laranja 

Preparação: 


.Leve as natas ao lume a aquecer, sem deixar ferver. Logo que estejam quentes, desligue. 

Adicione às natas quentes o chocolate partido aos pedacinhos. Deixe repousar uns 20 segundos e depois mexa bem, até ao chocolate derreter completamente e ficar num creme. 

 À parte, bata as claras em castelo. Em seguida, acrescente o açúcar aos poucos, batendo sempre até obter um merengue firme. 

 Envolva o creme de chocolate no merengue, cuidadosamente, até ficar tudo bem misturado. 

 Coloque a mousse em taças e decore a gosto com raspa de laranja. 


Angel Cake - Direto




A moda dos directos pegou aqui em casa, é super viciante, por isso tento fazer cada vez mais, às vezes só não sei o que fazer, desta vez tinha muitas claras para aproveitar e então... um angel cake retirei a receita do blog Bimbexpress um Angel cake, ficou maravilhoso.

Tinha esta forma da Metalúrgica Bakeware produtions, S.A. e nunca tinha usado, a forma tem o nome deste bolo "forma de bolo anjo" mas como vêm na foto é de fundo amovível e tinha medo de usar porque ao colocar a massa poderia cair, mas desta vez mesmo em directo decidi que havia de dar fosse como fosse. então arrisquei, na receita estava escrito para não untar a forma passar só por água, achei estranho mas como estas formas da metalúrgica não costumam pegar assim fiz, depois descobri, o directo tem destas coisas ensinamos e aprendemos ao mesmo tempo, que passasse a forma só por água porque é um bolo de claras e se untarmos com gordura ele não cresce.

Um bolo maravilhosos ficou super branquinho e tão, mas tão fofo.

Para a cobertura não vos consigo da medidas porque cá em casa sem peripécias a coisa não fica bem, pois a peripécia foi mesmo a cobertura.

Enfim queria bater umas natas e misturar um pouco de leite de coco, queria uma cobertura branca para parecer uma nuvem, mas, a a minha batedeira é daquelas grandes e quando coloquei o pacote de natas ela não bateu porque era pouca quantidade, assim que acrescentei o leite de coco, ainda mais liquido ficou, coloquei um pouco de aroma de baunilha, depois um pouco de açúcar em pó para ver se conseguia que ficasse pelo menos um creme, mas nada de creme, então fui ao frigorífico e encontrei queijo creme, pronto coloquei uma embalagem e lá começou a engrossar, isto tudo a bater com uma vara de arames que a batedeira embirrou que não havia de fazer creme, depois assim que consegui a consistência desejada, barrei com uma espátula todo o bolo, coloquei num saco de pasteleiro mais algum creme (sim fiquei com imenso) e fiz umas "rosas" mas, o saco decidiu "falhar" e "borrou" a pintura, pronto para disfarçar tive de colocar umas raspas de chocolate de caramelo que tinha, já sem cor, (a minha cozinha é muito quente e depois fico com novos tons na comida), achei que devia colocar alguma cor e fui buscar açúcar azul que tinha lá perdido num pote e coloquei em volta com a ajuda de uma palhinha.

Ficou lindo, digam lá que não está maravilhoso?

A receita fiz metade da da Alexandra, mas segui os passos todos cá vai:

Ingredientes:
6 claras
175 Grs de açúcar
75 grs Farinha
4 grs Cremor tártaro
1 c. café fermento

Bater as claras em castelo.
Numa tigela colocar os restantes ingredientes, e ir acrescentando com uma espátula muito devagar nas claras, muito devagar para não retirar o ar destas.
Não untar a forma passar por água somente.
Colocar a massa na forma e se necessário espalhar com uma espátula para que fique uniforme.
Levar ao forno 170º cerca de 20 minutos fazer o teste do palito, mas nunca abrir o forna antes dos 15 minutos.
Assim que estiver cozido, retirar do forno e colocar a forma virada para baixo até arrefecer completamente.
Não ele não cai da forma, para desenformar depois de frio passar uma espátula ou uma faca nas bordas para que descole e enfeitar a gosto, este foi com o creme que descrevi lá em cima mas também deve ficar delicioso com creme de ovos ou de pasteleiro.



Espero que gostem e se inspirem.





Deixo aqui os videos do directo, (sim por aqui o pc decide sempre desligar a meio)  além do angel cake também fiz uns suspiros de gelatina, mas não correram muito bem ficaram muito moles, por essa razão não coloco aqui a receita.











Esta receita foi feita em parceria com:

A Metalúrcia Bakeware Produtions, S.A.


Obrigada por estar desse lado.

Pavlova de Figos

Mais um desafio superado e há tanto tempo que não participava nestes desafios fantásticos de aprendizagem...




Bem a pavlova fiz segundo esta receita.

Para a enfeitar usei natas para bater, coloquei um pouco de corante verde, como não tinha figos frescos usei doce de figo que tinha feito.

E ainda coloquei umas nozes em cima.

Ficou uma pavlova um pouco diferente, faltou mesmo a fruta fresca acho que sem fruta fresca não é a mesma coisa mas... fiz como achei que ficaria bom.

Espero que gostem e partilhem.

Bom proveito.






Obrigada por estar desse lado.

Creme Flutuante com Leite Condensado




Vi esta receita aqui e decidi logo fazer é muito bom doce q.b., claro que se passou alguma coisa com o meu caramelo que não ficou igual e ainda por cima depois de frio solidificou ficou tipo rebuçado.

Chama-se doce flutuante eu não percebi logo porquê mas como sobrou um pirex que fiz, e o pirex é transparente, no dia seguinte em baixo estavam um liquido transparente que depois de provar era super doce parecia açúcar puro mas também não comemos essa parte, isso fazia com que o doce flutuasse, deu um efeito mesmo bonito.

Espero que gostem e se inspirem.

Bom proveito

Receita feita da Tele culinária na internet Video do Chefe Luís Machado.




Obrigada por estar desse lado.

Pavlova


Sempre que sobram claras congelador com elas claro... depois quando nos queremos ver liveres delas só me lembro de pavlova, sim existem muitas sobremesas para aproveitamento de claras como farófias, molotof, pavlovas, suspiros, bolos de claras, pudins de claras, macarrons, biscoitos e bolachas só com claras, marshmalows, suflês uma infinidade de receitas mas eu quando as quero gastar só me lembro de pavlova.

Como nunca sei ao certo quantas claras estão nas caixinhas, sim vou colocando até encher sei que cada caixa leva 8 claras mas por vezes não estão cheias e assim fica dificil, mas não impossivel e vai a "olhometro".

Mas desta vez foi para levar de sobremesa para uma recem mamã, achei bonita a ideia e não é assim tão doce.

Tento sempre usar uma caixa que tem entre 6 a 8 claras, coloco na batedeira a bater as claras e vou colocando o açúcar às colheradas mais ou menos cerca de 200 a 250 grs, assim que ficar um merengue coloco uma colher se sopa de amido de milho, outra de vinagre e uma de sobremesa de extrato de baunilha, sempre a bater.

Coloco num papel vegetal em cima do tabuleiro do forno e tento formar um circulo, não deixo um "buraco" muito grande no centro pois para retirar.

Colocar no forno pré aquecido a 120º durante 1h30 minutos, deixar arrefecer no forno, normalmente


Enfeitar a gosto nesta coloquei umas natas batidas com um pouco de açúcar, kiwi, morango e derreti chocolate para enfeitar com alguns riscos.

Espero que gostem e se inspirem.

Bom proveito


Daquoise - Café e Chocolate e Daquoise Morango




É claro que as minhas fotos não fazem jus ao nome desta maravilha, nem chegam aos calcanhares do sabor desta divindade.
Mais um desafio superado obrigada Blog Basta Cheio, aqui
Fia a "massa" igualzinha dizia na receita com avelãs (mas as minhas tinham casca)

Merengue

200 gr de avelã sem pele, moída
250 gr de açúcar (superfino)
25 gr de amido de milho
6 claras de ovo
1 pitada de sal?

Pré-aquecer o forno a 180ºC.
Forrar um tabuleiro de forno com papel vegetal e desenhar 3 círculo de 20 cm de diâmetro. Reservar.
Picar as avelãs, sem deixar que fiquem completamente em farinha, e levar ao forno para tostarem ligeiramente. Retirar do forno, deixar arrefecer e juntar a 100 gr de açúcar e o amido de milho. Envolver bem e reservar. Reduzir a temperatura do forno para 150ºC.
Bater as claras com o sal em castelo bem firme. Ir acrescentando o restante açúcar aos poucos até obter um merengue espesso. Com uma espátula envolver delicadamente a mistura da avelã no merengue até incorporar bem.
Distribuir o merengue pelos círculos (usei saco de pasteleiro para ficarem mais perfeitos) sem ultrapassar os limites do mesmo. Levar ao forno durante 1 hora rodando o tabuleiro a meio do tempo. Ao fim do tempo, desligar o forno e deixar os discos arrefecerem completamente lá dentro com a porta entreaberta.


Mas tenho um problema eu não tenho um forno normal é daqueles pequenos eléctricos, logo tive de fazer "discos" mais pequenos e... saíram 6 discos.
Fiz então duas Daquoise.



Creme Bomboca de Morango

8 Claras
1 pacote de gelatina de morango
100 Grs de Açúcar

Levar ao lume as claras com a gelatina e o açúcar até este derreter por completo.
Colocar na batedeira e bater até ficar um creme consistente, levar ao frio e barrar os discos com o creme.

Como sobrou recheio da bombocas decidi que estando este maravilhosos deveria colocar e não me arrependi nada ficou fantástico super saboroso.

Em cima também coloquei nozes caramelizadas, a maneira que estava no blog era tão fácil que não resisti e fiz também ficaram fantásticas só não parti em pedaços mais pequenos porque não quis, mas esta maneira de caramelizar frutos secos é fácil e rápida vou guardar para o futuro.

Praliné de avelã (usei nozes)

70 gr de avelã tostada e sem pele (não tostei)
120 gr de açúcar

Para a praliné, levar o açúcar ao lume num tacho até formar caramelo. Distribuir as avelãs sobre um tapete de silicone, ou sobre a bancada ligeiramente untada com óleo, e verter o caramelo por cima. Deixar arrefecer completamente e picar grosseiramente.

O segundo Daquoise levou creme de café e ganache de chocolate, porque achei que deveria levar dois cremes, não me perguntei porque sim e pronto.


Para a ganache de chocolate 

1 tablete de chocolate negro de culinária
200 grs de natas

 Aquecer as natas e colocar lá dentro bocados de chocolate mexer até derreter.
Deixar arrefecer e colocar entre os "discos"

Creme de Café

1 lata de leite condensado
1 chávena de café expresso (usei dolce gusto Ardensa)
1 c. sopa manteiga
1 c. sobremesa de maisena
água q.b.

Dissolver a maisena num pouco de água, colocar todos os ingredientes num tacho ao lume e mexer até engrossar.
Deixar arrefecer e colocar em cima da ganache de chocolate, entre os discos.

Espero que gostem e se inspirem.

Bom proveito

Bombocas de Morango


Depois de ver no Cantinho umas bombocas e de a Carla Oliveira me passar a receita super fácil e rápida, coloquei mãos à obra.

Valeu a pena.

Aquecer 8 claras em banho maria com 180 grs de açúcar e 1 pacote de gelatina de morango.
Assim que o açúcar estiver derretido colocar na batedeira e bater até obter um merengue consistente.
Eu usei formas para cake pops, derreti chocolate negro de culinária e untei as formas com um pincel, levar ao frio até estar sólido (eu não levei porque demorei algum tempo e como é só uma camada seca muito depressa).
Colocar as claras lá dentro tapar com uma bolacha fina, eu fiz uns biscoitos a medida. Levar ao frigorífico.

Caso não tenham uma forma tipo cakepos, podem sempre com um saco de pasteleiro colocar em cima de papel vegetal umas bolachas e depois o creme em montinhos, levar ao frio e depois derreterem chocolate e deitarem em cima, deixam secar e ficam prontos a comer.

OBS: Como não gosto de enganar ninguém cá ficam os meus apontamentos:

1 . Coloquem menos açúcar se colocarem gelatina que já contei açúcar (achei que ficou muito doce.
2 . Batam mesmo bem as claras com a gelatina pois se não ficarem bem batidas acontece o que me aconteceu, coloquei no frigorífico mas no dia seguinte tinha "molho" um liquido então tive que colocar no congelador, resolveu o meu problema porque no congelador a nenhum dos ingredientes fica totalmente congelado é tirar e comer.

Espero que gostem nós adorámos ficou com o sabor idêntico só a bolacha é que ainda bem que não coloquei em algumas....

Espero que gostem e se inspirem.

Bom proveito




Sufle de chocolate de morango


Como tinha este fantástico chocolate de sabor a morango (da marca Centramerica, comprado na sodifer), que tanto gostamos cá em casa, decidi fazer este suflé que está Aqui. Esta menina tem talento para nos ajudar e inspirar com receitas mais saudáveis para quem quer, claro, aqui eu bem tento mas... é dificil, mesmo assim sigo-as serve sempre de inspiração.
Claro que fiz alterações mas nada do outro mundo.

Ingredientes:

100 ml leite meio gosrdo
60 gr de chocolate com sabor a morango
5 Claras batidas em castelo
1 pitada de sal.

Modo de preparação:

Bater as claras em castelo, se quiser colocar 1 pitada de sal.
Aquecer o leite, juntar o chocolate com sabor a morango.
Colocar uma pequena porção das claras no chocolate para este não tirar logo o ar as claras, depois mexer muito devagar juntando o chocolate as claras.

Colocar em ramequins (sim comprei estes de prepósito para fazer os sufflé de chocolate desta menina, o que sofri a procura).

Levar ao forno pré aquecido a 180º e cozer cerca de 15 minutos.

Comer ainda mornos, pois baixam :(

Ficam com uma capa muito boa, e se quiserem sirvam com topping, eu coloquei em alguns de chocolate.

Espero que gostem e se inspirem.

Bom proveito









Torta de Noz doce de ovos e gila



Bem mais uma receita do desafio mensal da página  



   


Desta vez fui ao  O Blog da Inês  e rapinei uma receita que inicialmente era Torta de Amêndoa com doce de Ovo e Gila, Aqui fica o linke para a receita original receita original mas como não sou apreciadora de amêndoa achei que combinava bastante bem a noz, da qual sou fã.

Uma receita que vai estar com certeza na minha mesa de Natal. 

Terei que fazer algumas alterações pois achei que ficou doce demais (atenção eu sou gulosoa mas estava mesmo muito doce)

Ingredientes para o doce de ovos com chila:
  • 3 gemas   
  • 125 g de açúcar   coloquei 3 colheres de sopa de açúcar
  • 100 ml de água     coloquei 3 colheres de sopa de leite (aprendi a fazer o doce de ovos assim e como sai sempre bem nunca mudo)
  • chila q.b.    usei um pouco do doce que tinha feito o ano passado

Ingredientes para a torta:
  • 5 ovos
  • 200 g de açúcar    coloquei esta medida mas ficou muito doce
  • 100 g de miolo de amêndoa    usei 125 Gs. de noz
  • margarina e farinha para o tabuleiro   untei o papel vegetal com manteiga
  • açúcar q.b. para enrolar a torta

Modo de preparação:
Para fazer o doce de ovos levar ao lume o açúcar com a água até fazer ponto de pérola. Retirar do lume e deixar arrefecer um pouco, juntar as gemas batidas usando um coador. Levar novamente ao lume até fazer ponto de estrada. Retirar do lume e misturar muito bem com a quantidade de chila desejada e reserve.

Aqui fiz o meu doce colocar tudo no tacho, acender o lume e mexer sempre para não colar nem fazer grumos, assim que começar a engrossar apagar o lume.

Rale a amêndoa com pele. Piquei a noz no 1,2,3, De seguida bata as claras em castelo e junte o açúcar quase no fim mas continuando sempre a bater. Às claras, misturar com cuidado a amêndoa e as gemas, mexendo sempre cuidadosamente com uma vara de arames, sempre de baixo para cima. Num tabuleiro previamente untado com manteiga e polvilhado com farinha, colocar a mistura, tendo o cuidado de alisar a superfície, e leve ao forno a 180ºC durante 10 minutos. Para desenformar estenda um pano sobre a mesa e polvilhe-o com açúcar. Vire o tabuleiro para cima do pano de forma a desenformar a torta (que neste passo ainda não é torta!). Espalhe o recheio e enrole a torta com cuidado para não partir. A torta não deve ficar seca para não partir tão facilmente. 




A torta fica muito fofa mesmo, fica uma delicia.

Espero que gostem e se inspirem.

Bom proveito