Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Cozinha da Anita

A cozinha rápida, e saborosa...

A Cozinha da Anita

A cozinha rápida, e saborosa...

Bolo Tomate enformado


Aqui fica o meu terceiro testemunho deste desafio.....

Do blog Cromas da Cozinha retirei mais uma receita, desta vez, foi a segunda vez que fiz, pois é divino, mas fiz uma alteração para que ficasse mais fofo e com sabor mais acentuado a anis.

Ingredientes:

4 ovos
200g de açúcar 
1 embalagem pequena de polpa de tomate (Usei Guloso)
200g de farinha de trigo para bolos
1 colher de sobremesa de fermento em pó
3 Estrelas de Anis (usei margão)

Modo de preparação:

Colocar na batedeira os ovos com 150 Grs. de  açúcar até que fique uma massa fofa e esbranquiçada. 
Leve ao lume a polpa de tomate com o açúcar e as estrelas de anis, até levantar fervura, para que passe o sabor, deixe arrefecer.
Na batedeira junte a farinha com o fermento e bata a uma velocidade mais baixa ou mesmo á mão para não retirar o ar que a massa já tem.
Assim que a polpa de tomate estiver morna, retire as estrelas de anis e deite com cuidado sempre a mexer na massa.
Verta a massa numa forma (usei a outra novidade que comprei na metalúrgica a forma de torta canelada) untada e leve a forno pré-aquecido a 180º durante 40 a 45 minutos.
Faça o teste do palito, retire do forno e desenforme.

Pode enfeitar com açúcar em pó ou com coco ralado eu preferi assim mais simples pois foi para levar já fatiada para a festa da escola.

Espero que gostem e se inspirem.

Bom proveito




Bolo de Agrião com Chocolate




Mais um desafio superado.

O grupo Cantinho das cozinheiras fez mais um desafio mensal, desta vez calhou um blog Aqui que já sou fã e que costumo fazer montes de receitas que saem sempre bem, não tem como sair mal, e se tiverem duvidas é só perguntar as meninas do blog que são super, super simpáticas e sempre dispostas a ajudar.

Cá vai mais uma receita, super diferente (para mim) usando ingredientes que não lembram serem usados noutro tipo de pratos.

É o caso do agrião, nunca me passou pela cabeça fazer doces com legumes, mas de todos os que já experimentei (a maioria deste blog) me surpreenderam e este não foi excepção.

Como tenho umas formas novas que me enviaram da metalurgica, tinha que fazer nelas e nada melhor que uma receita surpreendente como esta.

Cá vai....

Ingredientes:

1 embalagem de agrião (usei daqueles já lavados e que tinha no congelador)
1 dl Óleo
200 Grs Farinha
150 Grs Açúcar
1 C. sobremesa de fermento
4 Ovos
2 C. Sopa de chocolate em pó.

Modo de preparação:

Colocar todos os ingredientes excepto o chocolate num liquidificador, ou simpresmente numa tigela e mexer com a varinha mágica, ou com a batedeira, mais simples não há, mexer tudo.

Untar uma forma com um pouco de óleo (esta nem era preciso, mas o seguro morreu de velho e como não tinha certezas...)

Deixar uma conhcha de massa "verde" e juntar com o chocolate em pó.

Colocar a massa "verde" na forma e no colocar a massa "castanha" em cima.

Levar ao forno cerca de 35 minutos, fazer o teste do palito na parte "verde", pois a parte "castanha" tem tendência a ficar tipo mousse.

Espero que gostem e se inspirem.

Bom proveito











Feijoada fingida


Comida de aconchego....

Eu não faço forma mais saudável, sou preguiçosa e por vezes não tenho mesmo tempo, chego a casa as 18h30 e se ás 19h30 a comida não estiver na mesa a mais nova já não come porque vem com sono :( por isso tento facilitar a minha vida, eu sei que não demora assim tanto tempo a fazer com legumes frescos, e comprando e tirando um fim de semana a arranjar e colocar no congelador é capaz de ser mais saudável, mas enfim a preguiça dá a todos e no que toca a comida eu sou mesmo preguiçosa, (excepto nas sobremesas e mesmo estas as vezes...)
Quanto as carnes por vezes não tenho e demora algum tempo a cozinhar, assim sendo salsichas de lata eles adoram, e também não se come todos os dias :)

Ingredientes:

1 Lata de feijão manteiga
1 copo de arroz
2 e 1/2 Copos de água (medida do arroz)
2 latas de salsichas (8)
1 Embalagem de Juliana ( já arranjada eu compro e depois congelo para não estragar)
1 Cebola picada
3 Dentes de alho picados
1/2 Dl Azeite
Sal
4 C. Sopa Polpa de tomate
1 Copo de água

Modo de preparação:

Fiz na panela eléctrica mas também dá no tacho ao fogão a diferença é que no fogão convem ir mexendo de vez enquanto e não tenho a noção do tempo.

Coloquei o azeite, cebola, alhos a refogar, e depois a polpa de tomate  e em seguida a embalagem de Juliana (claro que tirei o plástico), deixei 10 minutos no guisar (e fui espreitando e ai coloquei 1 copo de água achei que precisava) e temperatura máxima.

Numa tigela que vai ao microondas colocar o arroz e a água e uma pitada de sal, levar na temperatura máxima 13 minutos (o meu é de 900 wts, mas quando acabar podem experimentar a ver se já está cozido)

Assim que a panela acabar colocar as salsichas cortadas em rodela e o arroz, mexer para envolver (mas não fazer papa)

Servi de imediato.

Espero que gostem e se inspirem.

Bom proveito

Bifes com "natas" e sobremesa de "ovos estrelados" - Dia um... Na cozinha Abril 2016





Bem como me foi impossível no mês passado aceitar o desfio.... Esforcei-me este mês.

Peço desde já desculpa pelas "batotas" que fiz com a comida mas... não consegui evitar.

Com a ajuda de outras bloguer claro. Obrigado Cromas da cozinha pela preciosa ajuda, pois, no estado em que estou bem me esforço e....nada, passemos a frente, de todas as ideias que me deste tirei uma e queria também agradecer Creme de Avelãs pelas partilhas, foi dela que "copiei" as "natas".

Para o jantar, fiz umas "natas" que usei nuns bifes porque precisava de ser rápido e ainda ontem tínhamos comido massa... mas tenho a dizer que ficaram fantásticos, muito diferentes, todos gostaram e ninguém percebeu do que era :)

Cá vai a receita das "natas"

Ingredientes:

1 colher de sopa de azeite 
6 dentes de alho (para um sabor forte a alho) usei alho laminado da Espiga uma colher de sopa
165g de couve-flor bem cozida (sem muitos troços) Não pesei mas era pequena :)
30ml de leite usei UHT meio gordo
35g de queijo ralado (usei mozzarela)
1 colher de sopa de sumo de limão - opcional (esqueci)
Sal a gosto 
Pimenta branca a gosto  (esqueci)
Orégão em folha a gosto usei da Espiga.

Modo de preparação:
Refogar numa frigideira os alhos até ficarem dourados.
Desfazer a couve-flor com a varinha mágica e adicionar o refogado de alho, leite, sumo de limão e queijo. Deve ficar muito cremoso. 

Os bifes fritei com um pouco de margarina liquida, e temperei com sal e alho picado (também da espiga)

Acompanhei com batatas fritas (congeladas)

Ficou uma maravilha.

Peço desculpa desta vez a única coisa saudável é mesmo as "natas" porque a pressa para servir o jantar foi tanta.... que não tive tempo de fazer uma comida mais saudável.

Para sobremesa fiz uns "Ovos estrelados"

Bem era a unica receita que me lembrava que conhecia para "não ser o que parece", este desafio foi complicado devido a imaginação que não é o meu forte mas....

Para não correr o risco da comida sair mal, e não poder participar neste desafio, fiz estes "ovos", muito fácil e que todos já conhecem.


Coloquei um pouco de natas vegetais da Dulcis (a minha salvação, a pressa foi tanta que estas natas me salvaram é que não coloquei açúcar e estas natas já são doces :) ) no prato, abri uma lata de pêssego em metades e coloquei em cima com o meio virado para baixo.

Peço mais uma vez desculpa porque apresento coisas já "feitas" mas tem sido uma guerra fazer saudável.

Adorei o desafio apesar de ter feito muitaaaaaaaaaaaaaaaa batota :)




Bolo de Farinha de alfarroba / Bolo Cenoura

Fiz este bolo de aniversário para uma amiga.
Um bolo diferente do que se costuma comer mas estava bom na mesma.
Foram feitos 2 bolos diferentes sem gorduras.


Para bolo farinha de alfarroba:

1 copo (uso médio) de farinha de alfarroba
3 Ovos (separar claras das gemas)
1 copo de farinha de trigo
2 c. Sopa de chocolate em pó
2 copos a açúcar
1 courgete ralada
1 C. Chá fermento

Na batedeira bater as claras em castelo e reservar.
Bater as gemas com o açúcar até obter uma massa esbranquiçada, colocar a courgete ralada sempre a bater, juntar as farinhas e o chocolate.
Com uma colher de pau envolver as claras em castelo.
Colocar numa forma (usei de silicone por isso dispensa gorduras), levar ao forno cerca de 50 minutos a 230º, tapar com uma folha de papel de alumínio se vir que está a queimar e fazer o teste do palito para verificar se está cozido.

Para o Bolo de cenoura:

2 copos de farinha de trigo
2 copos de açúcar
2 cenouras raladas
3 Ovos
1 C. Chá fermento

Na batedeira bater os ovos inteiros com o açúcar até formar uma massa esbranquiçada, juntar as cenouras raladas e por fim a farinha e o fermento, bater bem até estar unida.
Colocar numa forma de silicone e levar ao forno cerca de 50 minutos a 230º verificar sempre fazendo o teste do palito para ter a certeza que está cozido, tapar com uma folha de alumínio caso se verifique que está a queimar por cima.

Para a cobertura e recheio:

500 Grs de queijo quark 0% gordura
2 iogurtes gregos
2 C. Sopa de açúcar (mas é melhor ir provando...)

Bater até formar "tipo" chamtily, barrar no meio dos bolos ( se achar que estão muito altos cortar ao meio cada um, um não achei muito altos por isso só coloquei no meio dos dois).
Barrar o bolo com esta cobertura e enfeitar conforme desejar. (eu enfeitei com topping de morango)

Não tenho foto de uma fatia com muita pena minha mas, não podia cortar antes de entregar certo????

Espero que gostem e se inspirem.

Bom proveito.








Mimos de Pescada Gratinados com legumes



Bem aqui fica uma sugestão para uma refeição rápida e saborosa.

Ingredientes:

1 Embalagem de mimos de pescada Pescanova
1 Berettaba Ralada
2 Cenouras Raladas
1 Courgete Ralada
Batatas cortadas aos cubos Q.B.
2 Embalagens que molho bechamel (usei Parmalat)
Azeite Q.B
Alho picado Q.B
Cebola Picada Q.B.
Paprika Q.B
Alecrim Q.B
Sal Q.B
1 folha de louro
Sumo de Limão Q.B.
Vinho branco Q.B.
Queijo ralado Q.B.

Modo de preparação:

Temperar os mimos de pescada com um pouco de sumo de limão.
Lavar e descascar as batatas, cortar em cubos, colocar num pirex.
Temperar as batatas com sal, azeite, paprika, alho picado e um bocadinho de vinho, mexer, levar ao microondas cerca de 15 minutos (dependa da quantidade e da potência do mesmo) fazer o teste com um garfo para ver se já estão cozidas.
Numa frigideira levar ao lume cebola picada com azeite e alho, deixar refogar durante uns minutos.
Lavar muito bem os vegetais (eu coloco as cenouras e a courgete com casca, mas se preferirem podem descascar), descascar a beterraba, ralar todos os legumes.
Colocar os vegetais na frigideira e deixar cozinhar um pouco.
Assim que as batatas estiverem cozidas, colocar em cima uma cama de vegetais e depois a pescada já temperada com sumo de limão.
Numa tigela despejar os pacotes de molho bechámel e mexer com uma vara de arames (eu costumo colocar um pouco de leite para não estar tão espesso).
Despejar o molho béchamel no pirex em cima dos mimos de pescada.
Polvilhar com queijo ralado, levar ao forno para gratinar até ficar dourado.
Servir quente.

Espero que gostem e se inspirem.

Bom proveito.








Esparguete cor de rosa com costeletas de porco preto grelhadas



Vi numa página do facebook (peço desde já desculpa mas não me lembro qual, até falei com a bloguer a perguntar se ficava o sabor ou não, mas são tantos...) um esparguete cor de rosa, ainda por cima, não li a receita por isso tive de fazer a minha maneira. Tenho a dizer que não ficou nada mau, não sabia a beterraba, a cor ficou maravilhosa.

Bom coloquei 1 beterraba a cozer com água e 3 dentes de alho esmagados.

Depois de cozida retirei a água, e passei na 1,2,3, a beterraba com 1 mão cheia de nozes, 1 mão cheia a amendoins,, 1 fio de azeite, até ficar uma pasta, reservei.

Cozi o esparguete normalmente com água e sal, assim que acabou de cozer retirei toda a água e juntei a pasta da beterraba, mexi bem para a cor ficar homogénea, a pasta foi logo absorvida e ficou esta cor maravilhosa. Como estava com medo de ficar o sabor da beterraba (que não costumo comer porque não gosto do sabor a terra), juntei ainda queijo ralado e coentros. (para mim os coentros salvam qualquer prato).

Quanto as costeletas só coloquei sal e depois no grelhador de chapa (não tenho outro é mesmo daqueles antigos de fogão) e grelhei normalmente.

Espero que gostem e se inspirem.

Bom proveito