Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Cozinha da Anita

A cozinha rápida, e saborosa...

A Cozinha da Anita

A cozinha rápida, e saborosa...

Clafoutis de pessego




Vou vos contar uma história porque nem sempre tudo o que fazemos tem bom aspecto, temos de mudar e como é com os erros que aprendemos, não posso testemunhar só coisas boas...

Eu vi no blog Aqui de uma menina que já sigo e que é fantástica.
Ela usa vários tipos de farinha sem ser a normal e eu como gosto de experimentar outras coisas....
Bem estava lá uma receita de clafoutis de cereja com mistura de várias farinhas, que sorte a minha tinha tudo em casa menos as cerejas (que não somos grandes apreciadores) mas fui comprar morangos.
Pois vou só colocar uma foto para verem como ficou..:(


Tive tanta vergonha que nem publiquei. Pedi ajuda à Carina Leite se ela conseguiria através das fotos saber o que tinha corrido mal, ela muito simpáticamente disse que lhe parecia fruta a mais, pois bem em coloquei 500 grs de morangos foi realmente um exagero. Assim não querendo desmoralizar tentei novamente mas com pêssegos em lata (era o que tinha em casa) e desta vez tive em atenção em não colocar muita fruta (é que colocar só no fundo do pirex parece muita pouca fruta mas contive-me com o pêssego)


Ingredientes para o meu clafoutis de pêssego.

2 colheres sopa Maisena
2 colheres de sopa de farinha de Arroz Espiga
3 colheres de sopa de fécula de batata
1 colher de chá de fermento
10 colheres de sopa de  açúcar 
2 dl de leite
Vagem de baunilha de Madagáscar (abri ao meio coloquei as sementes e a vagem para ferver com o leite)
Margarina Vaqueiro para untar o pirex
açúcar para untar o pirex
Pêssegos enlatados (usei 4 metades mas pequenas)


Modo de preparação:

Num tacho coloquei o leite com a baunilha para ferver.
Na batedeira fui colocando os ingredientes 1 a 1 sempre sem parar de bater. (ovos, açúcar, farinhas, fermento) No fim depois de deixar o leite arrefecer um pouco deitei na massa sem parar de mexer em fio.
Untei o pirex com a vaqueiro e depois com açúcar.
Coloquei os pêssegos partidos em tiras no fundo do pirex e depois coloquei a massa em cima.
Levei ao forno (não me lembro quanto tempo) sei que tive de tapar com paper de alúminio porque ainda não estava cozido e já estava douradinho em cima.
Fiz o teste do palito várias vezes e cá está, ficou cozido e muito bom de sabor.

OBS: tenho de acrescentar uma coisa em cima parecia um pudim delicioso com bocadinhos de pêssego em baixo a massa no dia seguinte (sim que quando experimentamos no próprio dia está sempre quente) estava um pouco tipo borracha mas, eu nunca tinha ouvido falar de clafoutis não sei se ficam assim, mas vou experimentar outra vez para ter a certeza.
Espero que gostei :)



2 comentários

Comentar post